sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Quanto ganha um mangaká no Japão. ^^

Olá, caros colegas mangakás!! Os Kits de Pena G + Cabo acabaram em 3 dias, mas eu já encomendei mais Penas G com o meu tomodachi do Japão. Tbém pedi os nanquins, réguas e outras coisas que os mangakás usam por lá. Espero que ele consiga achar tudo. ^^ Claro que um potinho de nanquim vai ser meu! hehehe Também quero experimentar.

Ah! Estava pesquisando sobre a vida e trabalho de mangakás no Japão e descobri quanto ganha um mangaká iniciante. 
Pra ser um mangaká é preciso se formar na escola normal primeiro. Educação é tudo!
A seleção é feita primeiro por um editor, depois  a obra do futuro mangaká é publicada ( uma história de amostra) e o público dá o feedback escolhendo qual chama mais atenção. Não se trata de uma votação, mas uma resposta espontânea do público. Se chamar a atenção, o futuro mangaká passa a ser liderado por editor responsável que o "treina" pra ver se ele dá pra profissão. Isso tem até no Bakuman, todos devem ter visto. Os editores ficam todos em Tóquio, então, o futuro mangaká é obrigado a morar perto de Tóquio. Mesmo com o avanço da internet, é preferível estar ao redor das editoras ainda. Tudo é negociado pessoalmente. As editoras preferem os artistas que já trabalhem em dojinshis ou tenham sido assistentes de alguém. Mas quanto ganham? Isso não tem no Bakuman, pois soube que os artistas são proibidos de revelar quanto ganham, porém, um deles revelou e eu li num blog japonês!

Segundo o que li, um mangaká ganha cerca de 8 mil reais por 40 páginas feitas, que dá 200 reais por página. Porém, ele vai ter custos com assistentes ( 200 reais por dia, esses assistentes  não trabalham todos os dias.), material, aluguel do Taku ( apartamento ), que custam uns 150 reais mensais ( acreditem!! Deve ser um buraco de rato...), água, luz, alimentação e internet. Sem falar que eles dormem num saco de dormir que custam cerca de 500 reais. Também existe uma taxa de armazenamento dos manuscritos, pois eles não têm onde guardá-los no taku. Não ficou claro se isso fica na editora. Quando o mangá é compilado, ganha-se mais. Quando o mangá vira anime, o artista ganha mais e também fatura com os produtos licenciados. Cerca de 10% dessas coisas. Os mangakás de sucesso ganham milhões e podem morar onde quiserem. Mas é legal saber que dependendo do sucesso, o ganho aumenta. A meritocracia é usada no Japão.

Supondo que um mangaká faça as 40 páginas por mês, ele tem uma renda anual de cerca de 90 mil reais. Pelo que pesquisei, um mangaká ganha o equivalente a um artista iniciante na Pixar, que ganha 60 mil reis anuais, mas a diferença é que um artista na Pixar trabalha "menos", tem mais liberdade, apesar de ter que cumprir uma meta mensal. E pra ganhar mais na Pixar é preciso subir de cargo e fazer parte da equipe criativa. O mangaká, por sua vez, trabalha com obra própria e o sucesso depende unicamente dele e de sua criatividade. hum... não sei porque fiz essa comparação com o povo da Pixar... eles não fazem quadrinho, mas é desenho também...acho que foi a renda anual...rsrsrs

No Brasil, infelizmente, não é toda editora que paga por página, geralmente se ganha por porcentagem de venda. Por isso, não compensa para um mangaká nacional fazer mais de 60 páginas por edição, caso contrário, o trabalho sai de graça se não vender acima de mil cópias. Como não existe uma editora com uma revista como a Jump (que vende por si só), nós dependemos mais ainda de nós mesmos. Afinal, não dá pra "encostar" no mangaká de sucesso do momento! rsrs Mas isso não seria bonito de fazer, né? rsrs Temos que ter orgulho próprio sempre!
Claro que existem editoras que pagam melhor que no Japão, que é o caso da Abril que paga 500 reais por página de quadrinho dentro da revista Recreio, por exemplo. Pena que não publiquem mangá nacional ainda.

Depois dessa ligeira pesquisa, vi que ser mangaká é igual em qualquer parte do mundo, o trabalho é o mesmo e ganha-se pouco até no Japão ( em termos de custo de vida ). E lá é pior, porque é preciso ter qualidade alta e chamar atenção, a concorrência é grande demais. A diferença é que no Japão há espaço pra todos e é comum tentar. Faz pouco tempo que surgiram as faculdades de mangá, que ajudam a diminuir o tempo de aprendizado da arte, entretanto, não é garantido que o diploma faça o artista ser alguém de sucesso... como em todas as profissões, né?

Estou pesquisando ainda, mas no Bakuman, o personagem diz que mesmo sendo um mangaká de sucesso, a profissão não é reconhecida pelo governo. Ou seja, eles são considerados desempregados e sem profissão definida. Ao passo que aqui no Brasil, a profissão é reconhecida. Dá pra tirar a carteira profissional e se aposentar como artista quadrinista. Existe até visto especial pra artista viajar ao exterior. No Japão não sei como é.

Concluindo, é bom não achar que a grama do vizinho é tão mais verde assim ( apesar de ser mais verde), lá tem que desenhar tanto quanto em qualquer lugar do mundo pra ser alguém e tomar cuidado com as editoras, andei lendo que existem muitos processos por roubo de manuscritos e direitos autorais. Falta de pagamento, etc. Coisas que rolam em todos os lugares. Temos que nos inspirar nas histórias de sucesso dos grandes mangakás, mas saber que não foi fácil pra eles, como não é pra nós aqui. Temos, obviamente, desafios a mais, porém, Deus dá o frio conforme o cobertor. Aqui é preciso mais vontade e coragem de desbravar.

24 comentários:

  1. haha! PERFECT!

    O post é maravilhoso, riquissimo em informação de credibilidade e qualidade, muito bem escrito e sem duvidas, SUPREMAMENTE UTIL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Ameiii! Antes eu não sabia muitas e muitas dessas informações; esse post é otimo!!!!!!!!!

    Ficou muito lindo soni!!!
    E foi muito legal a comparação dos artistas japoneses com os da pixar!

    Está tudo perfeito, maravilhoso!!
    è, os japoneses que são mangakás são desempregados msm =/

    mas pelo menos eles conseguem viver com o que fazem, e acho que até bem! apesar do custo de vida no japão ser um tanto "TAKAI" XD acho que não deve ser ruim ser mangaká; Se no minimo eu pudesse ser uma assistente no japão ficaria muito satisfeita XD
    *se bem que em bakuman parece que os assistentes acham que ganham pouco*

    bem, cada país tem seus custos... Suas vantagens e desvantagens.

    eu costumo reclamar bastante do brasil e as pessoas ficam furiosas comigo. O brasil não é, nem de longe um lugar ruim para se morar, é um pais muito cultural e em desenvolvimento, com taxas medianas de pobreza apesar de se encontrar na américa do sul. Mas ainda não é um pais rico nem desenvolvido...

    *todos os paises do planeta sao de terceiro mundo, afinal somos o terceiro contando a partir do sol XD*


    Acredito que se aqui é dificil publicar pela falta de fé que as editoras ainda tem no mangá nacional, Lá é pelo caso da enorme e frequente concorrencia. Não deve er facil criar um sucesso, ser o melhor de todos e ficar rico, como muitos pensam aqui no brasil que conseguirão. Muito menos de uma hora rpa outra. Lá tem muita luta...

    Quem não queria ser um Eiji (bakuman XD) da vida? Acho que todo mundo! mas talentos assim, e pior- que são descobertos e revelados são raros...

    Muita luta é necessaria em qualquer lugar que se esteja, esforço suor e até sangue derramado *eu ser uma vitima de canetas assassinas*
    e realmente a grama do vizinho não é mais verde;

    Quem pensa que se tornar um mangaká famoso no japão é mais facil do que aqui, porque lá tem editoras especializadas, está bem enganado ^_^

    -------------------------

    Eu não sei porque, soni, mas eu preciso de algumas palavras de ajuda..
    eu ando sofrendo de "mal de não-consegue-não-compartilhar"

    è o efeito, ou doença, sei lá, de não conseguir fazer sequer um desenho sem ficar tranquila se não publica-lo em algum lugar. Isso me torna uma fanzinerinhademerda, porque cada coisa que eu faço, não consigo guardar para juntar "stuff", acabo postando por exemplo, do deviantart ou no tumblr... isso é uma doença e não sei como parar com isso!!
    Eu preciso juntar trabalhos nunca vistos para montar um artbook ou um doujin pelo menos, mas por causa desse mal eu fico desconfortavel se não posta-lo em algum lugar. è um tipo de agonia, de querer espalhar *SEI QUE ESTOU FAZENDO TUDO ERRADO QUANDO FAÇO ISSO MAS EH QUASE INEVITAAAVEL!* e não consigo fazer trabalhos e guardalos... eu acabo postando e mostrando para o povo da internet -.-

    O que e faço?

    Podem me dar alguma dica, mestras??? *_*

    O que fazem para conseguir juntar os trabalhos, e mesmo morrendo de vontade de mostrar, guarda-los??? aaaaaai preciso de um conselho T_T

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post. Muitas coisas escritas aqui eu nem imaginava. Legal sensei!

    ResponderExcluir
  3. Oi Takai! Oi Takamura! Obrigada por gostarem do post, espero poder passar mais informações sobre o verdadeiro mundo do mangaká no Japão, algo que dê pra gente usar aqui e fazer o mercado dar certo.
    Uma coisa que admiro nos japoneses é a dedicação e a qualidade do trabalho deles. Afinal, não é por dinheiro, porque se ganha muito mais que 8 mil reais por mês fazendo qualquer outra coisa no Japão. Pra quê fazer mangá se nem é considerado emprego, nem é garantido que faça sucesso. Ou seja, é o amor à arte! Amor à arte eu tbém tenho!^^ To atrás da qualidade...

    Quanto ao seu problema, querida Takai, a solução é simples.^^ Siga seu Kokoro. Se te faz bem compartilhar, então é certo. Porém, não deixe de montar um portifólio profissional online que vc possa mostrar para editores. Coloque nele as suas melhores ilustrações e amostras de quadrinhos de projetos que vc quer publicar. Pode ser um único projeto, desde que seja algo com qual vc realmente queira trabalhar. O melhor mesmo é ter um ponto com.br, que dá mais credibilidade pro artista e já garante que sua obra não possa ser roubada, pois tudo que vai pro seu ponto com.br é seu por lei.
    E também mostra que vc tá levando a sério. Faz um site caprichado falando de cada personagem, história, informações sobre seu mangá e sobre vc. E enquanto vc tenta as editoras vc pode se divertir compartilhando seus trabalhos.^^Ganbare!!

    ResponderExcluir
  4. Oe soni, muito bom o post super util e informativo!
    -
    gostaria de saber como ficam as dimensões das paginas de mangá quando vse envia ao editor!
    Obg

    ResponderExcluir
  5. SONI TE AMOOOOOOO!!!!!!!!! vc é minha inspiração ^^
    eu desenho desde os treZE anos (agora tenho 23 ¬¬ )
    e eu sempre gostei de escrever minhas próprias histórias! meu sonho era fazer mangá... mas por falta de insentivo nenhum eu parei de desenhar aos 17... enfim voltei a desenhar depois q me casei aos 21, meu marido me insentiva muuuuiito! ele me fez entrar no meu primeiro curso de desenho ond aprendi mt e ainda aprendo ^^
    descobri q meu grand sonho realmente era ser mangaká^^ estou me esforçando mt p isso... quando conheci vc, através do seu mangá (q me deparei com ele por acaso..) mal pude acreditar!!!! eu fiquei TÃOOO ORGULHOSA!!! "nem acredito!!! uma mangaká brasileira!!!!! ameiiiii!" poxa a situação do brasil é triste em termos artísticos... (principalmente mangá ¬¬ o único q se deu bem mesm foi o MAURÍCIO..
    mas... vc me inspirou ainda mais... e eu sempre acompanho vc! ñ consigo comentar aqui porq a página sempre da bug... mas agora consegui finalmente!!
    amo vc e o seu trabalho!! nuncam desanimem porfavor!!! por nós!! *_*
    e q esses editores tomem vergonha na cara!!
    (a propósito ñ aguento mais de vontade de ler o principe do best seller 2!!!!! eu amei e morro de rir kk)
    bjs flor!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. ahh! ñ consigo entrar no seu deviant.... buáaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!! diz q a página foi removida eu acho... :(

    ResponderExcluir
  7. eu queria saber +- quando chegar as próximas canetas G

    ResponderExcluir
  8. Oi Reina! Obrigada pelo apoio! Espero que vc nunca desista do mangá, continue desenhando porque as oportunidades podem aparecer a qualquer momento! E quem está preparado vai ter mais chance de conseguir. E fico feliz que tenha apoio de seu marido, isso realmente faz diferença,né? Eu tenho apoio da minha irmã e da família e agora dos colegas mangakás e leitores, que me ajudam a continuar buscando espaço no mercado.
    Olhei o meu deviant e está funcionando, tente novamente. Volte sempre!!

    Ah!Anime, as penas G e nanquins estão vindo do japão nesse momento, acho que chegam em 10 dias ou 15. Se quiser já separo um kit pra vc.

    ResponderExcluir
  9. Soniii............ *_*
    fiquei tão feliz com a sua resposta!! :D
    se eu conseguir vou add vc no deviant então ^^
    o meu é Rachel-Cass


    um beijo enorme p vc e para sua mana querida!!

    ResponderExcluir
  10. soni... :(
    ñ consegui ver seu deviant d novo...
    aparece isso: "A página que você estava procurando não existe.
    Volte para nossa página inicial"

    :( :( :( :(

    ResponderExcluir
  11. Daeee galerinha. O_O

    só para constar, o link aqui no blog para o DA ta errado mesmo Soni. Só nao vou postar o link do DA da Soni aqui por que não sei se posso, mas Reira, se vc abrir a pagina que da erro mesmo, verá lá no link da pagina o nome da soni do DA, soh arrumar a ordem que funciona. Alias, gostei dos teus desenhos.


    E Soni, que nanquim vc ta usando atualmente pra se "divertir" com as peninhas? tou usando um escolar básico da acrilex aqui.... O_O

    até

    ResponderExcluir
  12. Oi Reina! beijo pra vc tbém, vou passar no seu DA. Já arrumei o link.^^ Estava mesmo errado. Obrigada pleo toque Kaio!
    Eu estou usando um nanquinm chamado Nankin Profissional, fabricado aqui no Brasil. Sei que é melhor que esse escolar.^^ Mas estou esperando o nankin japonês especial pra mangá que encomendei e vou vender também. O que eu encomendei chama-se IC アイシー COMIC. ^^ Usado pelos profissionais do Japão. Não vejo a hora de chegarem.
    Eu gostava muito de um nanquim que vendia por aqui, importado, não lembro o nome.Vinha num pote de vidro com conta gota. Era excelente, mas muito caro. Porém, durou muito mesmo e nunca entupiu as minhas canetas nanquim. O nanquim brazuca é prejuízo na certa. paga-se barato porém, perdemos as canetas e penas. ^^ Alguém me disse que o nanquim japa é bem grosso. Vamos ver.

    ResponderExcluir
  13. Poxa ...muito obrigada Kaio pela apreciação e pela ajuda^^
    obigada soni...
    agora posso conhecer melhor o seu trabalho! ^^
    bjs!!

    ResponderExcluir
  14. yo! Estava procurando a pena G na net e nada de encontrar... e estou muito feliz de ter parado nesse blog. Sabe, necessito muito da ajuda de vocês. Então... por favor, me vendam um Kit da pena G mais as tintas.
    hum... tambem quero entrar na onda dos desenhos. Sei que não é pra qualquer um, mas juro que irei me esforçar ^^. Eu desenho um pouco e estou na busca de me especializar. aaaaaaaaaaaaa estou mt querendo esse kit ^^
    tenham um bom dia! bjs.

    ResponderExcluir
  15. meus meu sonho e ser um mangaka no .

    ResponderExcluir
  16. Vou ser mangáka, realmente, fiquei mais feliz, por causa do salário, mas... depende de tudo... também estou acompanhando Bakuman...
    é mto bom, e também mangaká tem que trabalhar muito, muto mesmo, então é preciso ter coragem para ser um...

    ResponderExcluir
  17. Ah sim, Mattheus, além do talento, é preciso coragem pra passar todos os dias debruçado sobre a mesa de desenho por horas a fio.^^
    E não é salário não, o mangaká ganha por página, então se ele não desenha ou não consegue entregar no prazo, fica sem dinheiro. É assim aqui no Brasil tbém, a gente ganha por trabalho concluído.

    Mas boa sorte na sua carreira de mangaká!^^ beijoss

    ResponderExcluir
  18. Mto obrigado, realmente, mangáka trabalha muito mesmo, eu vou me esforçar para manter os prazos...
    já que o mangá pode ser mensalmente ou semanalmente, se não tiver uma série, o mangáka, só poderá disfrutar do seu dinheiro quando não estiver desenhando, por que terá que manter o mangá, e se tiver uma série, será mais difícil ainda...
    estou certo??

    ResponderExcluir
  19. De nada, Matthews. Mas o trabalho de mangaká é igual a todo outro, ninguém desfruta do dinheiro quando está trabalhando. Se vc trabalha numa fábrica só vai desfrutar da grana nas férias. Ser mangaká é como ser autônomo, é preciso produzir pra ter grana. A diferença é que se vc conseguir desenhar mais, vc ganha mais.
    O grande lance no Japão é desenhar série, pois assim ele tem trabalho durante anos até juntar uma grana. Porém, a maioria não fica rica e nem famosa. Dá pra contar no dedo aqueles que realmente são ricos e famosos. Os outros trabalham e sobrevivem, pois o sucesso é uma coisa enigmática em termos de quadrinho.
    Pense na vida do mangaká como uma pessoa normal. Passa o mês desenhando, recebe seu "salário" e paga as contas, aluguel, água , luz e etc e compra comida. Também compra os materiais de trabalho e paga seus assistentes. Como todo ser humano normal.
    Por isso não devemos nos iludir achando que lá no Japão todo mangaká fica rico e famoso na primeira obra. São milhares de desenhistas que vivem de mangá.
    beijossss

    ResponderExcluir
  20. Omoshiroi! não sabia que mangaká ganhava por isso!
    eu tb me tornarei um mangaká, e irei pro japão,e mostrarei para todo mundo que não é só os japoneses que conseguem ser um!
    ja tenho a história desde os 8 anos(hj tenho 15)
    o nome,os personagens tudo quase pronto, e ainda nem me formei! kkkkkk

    ResponderExcluir
  21. Também achei excelente...Vamos lá mostrar que também podemos hehe

    ResponderExcluir
  22. É o meu sonho ser mangaka mas ainda faltam os estudos pra terminar mas é so eu ter força de vontade q nada vai ser impossível e ter fé naquilo q vc faz

    ResponderExcluir