segunda-feira, 29 de março de 2010

Antes e depois dos personagens do Príncipe do Best Seller!^^

O Paulo foi o primeiro personagem que eu criei. O rascunho foi feito no meu diário, onde eu sempre aproveito pra rascunhar... Eu tirei o rabo de cavalo e mudei a franja para o lado. ^^A boca tá um show!KKKKK Agora ele é um bishounen...


O Pedro mudou muito! XD Eu mudei o cabelo dele porque ficou muito parecido com outro personagem que eu tenho. ^^Eu sinto que ainda não acertei no olho dele... Mas ele nasceu meio estrábico e eu resolvi manter isso.

Olha a cara o Theodore! KKKK A cara de tonto é a mesma, mas o cabelo...Talvez eu use o antigo cabelo em outro personagem... tá bem EMO. Diminui os cílios também... O Theodore foi criado para ser um carinha não muito bonito e do tipo falante. O cabelo dele era para ser verde...

A cara melhorou bastante depois de ter arrumado a personalidade do Maximiliam. Olha que gravata mais esquisita que eu fiz pra ele!! OMG! Coitado do Max!!A foto 3X4 nunca ajuda ninguém, nem a BIC quando falha...

Bom, é isso. Os outros personagens eu criei depois numa folha sulfite com mais glamour.
Ah! Como o mês de Março acabou, meu mangá talvez seja lançado em Abril. Não depende de mim essa decisão, cabe ao editor, então nos resta esperar. A minha parte eu já fiz e espero que tudo dê certo. Pena que meu coquetel de lançamento na Acropolis vai ter que esperar também. Tô doida pra filar uma bóia free... no sábado eu comi caviar na formatura do meu irmão. Passo a semana com miojo e no fim de semana aproveito a boca livre em alguma comemoração... artista é assim!KKK Mas brincadeiras à parte, estou super feliz com a formatura do meu maninho! parabéns!!! Agora ele é um Físico!! E eu mangaká!! Que família mais doida a minha...

terça-feira, 23 de março de 2010

Fazendo light novels...^^

Ontem chegaram as revistas que comprei no site da Quadrix. Levou 2 semanas pra chegar, acho que esse será o tempo que levará para as pessoas receberem o Príncipe do Best Seller.^^ Mas eu soube que os correios estão com problemas com as entregas por avião, então a demora é totalmente compreensível ... O que eu gostei foi que paguei 3 reais de correio e veio SEDEX registrado. Gostei da qualidade das revistas e do formato! O meu editor disse que está mudando de gráfica, talvez isso explique porque a demora em lançar os próximos títulos, incluindo o meu mangazinho...^^ Eu achei que o preço das revistas estão muito bons, bem acessíveis! Agora eu fiquei entusiasmada com a qualidade e louca pra ver meu mangá impresso no formato da editora.
Estou fazendo o site da BL-BR, confira a casca dele aqui. A Shirubana está revisando o conto A Rosa de Gelo. A revista terá de 32 a 40 páginas por enquanto. Ainda não decidi se lanço em capítulos ou tudo junto. Quando eu for diagramar eu decido.^^
Eu amo meu trabalho! Adoro desenhar, escrever e ler os contos com a minha irmã. Nossa! Como eu me divirto! Domingo a gente ficou rindo muito da parte mais ousada do conto... Nós decidimos deixá-los mais para BL do que para yaoi. Vamos colocar desenhos sensuais e não eróticos desta vez. A Rosa de Gelo acabou ficando com alguns spoilers dos contos Garoto X e Vitral, já que é um crossover, porém acredito que são poucos e podem ser removidos sem problema. Se bem que os meus contos nem são famosos e spoilers não vão fazer a menor diferença! Quero que as pessoas entendam a história de amor entre Chantal e Kaiwa. Bom, vou desenhar e parar de falar...^^

sexta-feira, 19 de março de 2010

Crossover de BL!^^

Ontem eu fiz uma capa para o novo conto BL, escrito pela Shirubana. Em breve o site da BL-BR estará concluído com novos contos BL ilustrados ( light novels) por mim e pela Shirubana. Incluindo o mangá do Garoto X e o conto 2 também.
Estes personagens são Chantal ( do conto Garoto X ) e Kaiwa ( do conto 2 de Vitral). É um crossover entre nossos dois contos, mas o Kaiwa só aparece no conto 2 de Vitral. Apesar de nunca termos lançado a parte 2 de Vitral vai dar para entender esse crossover. A Shirubana juntou em Rosa de Gelo nossos dois vilõezinhos e ficou legal. Afinal os vilões tbém amam!
Eu estou tentando melhorar nas minhas ilustrações. Sinto que desenhar um personagem pela primeira vez com designer novo fica meio desajeitado... Só depois de um tempo que eles ganham naturalidade. ^^
O projeto BL-BR ( Boys Love Brasil ) nasceu em dezembro de 2006, foi o primeiro projeto do meu estúdio. A ideia era escrever light novels de BL num e-book. As histórias são completas. Agora fizemos umas mudanças, não faremos mais e-books e sim revistas e os desenhos serão todos reticulados como nas light novels de verdade. Outra coisa que quero fazer é mangás BL também. Eu fiz a versão mangá de Garoto X, mas não gostei muito e estou reformulando. Esse projeto sempre me empolgou muito porque eu adoro escrever também. Os contos não limitam a nossa imaginação como nos quadrinhos, por isso eu realmente gostei das light novels. Eu comprei um tankobon na Liberdade em 2006 que tinha muitas light novels de BL, era uma edição da COBALT, foi aí que pensei em fazer os contos ilustrados. Tem hora que eu realmente lamento não ter o nihongo tinindo pra ler textos mais complexos... só fico olhando desenhos e lendo frases aqui e ali imaginando o resto...
Ah! Já estamos indo para o fim do mês de março e eu não tenho a menor idéia de quando sai meu mangá O Príncipe do Best Seller! No site da Quadrix tem um "em breve" que me deixa ansiosa... Nunca imaginei que um dia ficaria esperando meu próprio mangá sair... Eu e a Shirubana não temos ideia de nada e nem controle sobre essas coisas, nós só desenhamos e pronto. ^^ O jeito é ter paciência.

quarta-feira, 17 de março de 2010

aimeoldels...somos profissionais?

Ah! Eu esqueci da dica mais importante de todas!

DICA 7 : Seja profissional!

Mas o que é ser profissional? Não é só desenhar bem, mas cumprir prazos. Mas para fazer isso a gente precisa primeiro planejar a produção do mangá. Saber na real se você tem como produzir seu mangá.

- Não prometa fazer 500 páginas em 2 meses para uma editora, por exemplo. Saiba que no Japão, mesmo com ajudantes, se produz 32 páginas por mês que somam 384 páginas por ano. Um volume apenas. É sobrehumano tentar fazer mais de 32 páginas por mês sem ajuda nenhuma. Você pode até tentar, mas pode ficar doente até, ganhar uma LER e nunca mais desenhar. E fatalmente não conseguirá cumprir o prazo e vai "queimar" a sua e a de todo mundo junto. Afinal, a má fama de um desenhista atinge os outros também. Ainda mais num mercado tão frágil como o nosso. Seja modesto e realista. Três meses na verdade não são três meses, porque nesse tempo vc vai dormir, comer, trabalhar, estudar, namorar e passear com o cachorro... O tempo deve ser calculado de acordo com o "real" tempo que vc tem para se dedicar ao seu projeto. Quanto tempo vc leva para fazer uma página? E para arte finalizar no PC? Não serão 24 horas com certeza.

- Se vc tá com parceria com alguém, ou seja, vc escreve e o outro desenha, faça um contrato assinado entre vcs, nada de "na base da amizade". Com o contrato seu desenhista ou roteirista não poderá pular fora sem quebrá-lo e pagar multa de quebra de contrato. Se ele não quiser assinar, já mostra que ele não está envolvido no projeto suficientemente ou que é picareta. O contrato deve ser feito por advogado e autenticado em cartório. Vc vai gastar uns 300 reais nesse contrato, mas quanto vale a sua reputação? Pense nisso, porque depois vc vai ter que encher a internet de desculpinhas esfarrapadas porque não foi profissional... Nesse contrato deve estar incluso quanto vc vai pagar para o seu parceiro ou vice-versa. Tudo estipulado para que não haja reclamação depois, nem processo por falta de pagamento.

- Cuide da sua saúde física e mental. Se vc tem baixa estima leia livros motivacionais, porque publicar dá estresse e se vc for somatizador vai ficar doente. Evite dores de cabeça planejando bem o seu trabalho. Problemas pessoais e financeiros todos nós temos, mas eles não podem ser maiores que seu profissionalismo, afinal tem gente que vai trabalhar doente numa firma, mas quando é quadrinho se enfia num buraco esperando que o público esqueça de seu fracasso...

- Cuide de seu equipamento eletrônico. Ser profissional é ter material profissional e cuidar dele. De dois em dois anos troque seu PC ou formate. Faça backup sempre.

- Antes de começar um projeto em parceria, analise bem esse profissional, veja se ele é honesto, se ele desenha mesmo como diz que desenha, se ele tem algum vício... É o mesmo procedimento de contratação numa empresa. Vc vai olhar o talento, mas por trás dele deve haver um profissional de verdade, que cumpre prazos, cuida da saúde e se compromete com um projeto tanto quanto você.

Com isso você vai evitar cancelamento indesejável e má fama pra vc e para os outros artistas...^^

segunda-feira, 15 de março de 2010

Como começar o seu mangá!

Você já ficou olhando para a folha sem saber como começar seu mangá?^^ Eu já, então eu descobri que o mangá tem regrinhas que ajudam muito o desenhista.

DICA 1: Segundo Akira Toriyama ( autor de Dragon Ball ), todo mangá deve começar com um cenário! Plano geral, depois uma cena de interior onde deve estar seu personagem(s).

Eu fui dar uma olhada nos mangás que tenho e vi que é verdade, não existe mangá que comece sem cenário! Não é interessante? Eu sigo sempre as regras e isso acelera a produção do mangá.

As outras regras estão no livro Livro "Mangaka - Lições De Akira Toriyama", mas eu vou tentar passar aqui no blog algumas das regras porque o livro é um pouco caro...
Bom, não importa se vc faz shoujo, shounen, BL, gekigá, josei, etc...as regras servem para todos!

DICA 2: Quando você abre um mangá pra ler vc enxerga duas páginas, não é como um scan que vc vê uma página por vez. Então planeje sua página de duas em duas, já imaginando como ela ficará quando for diagramada. Assim vc evita cenas repetidas como dois cenários que se confundem quando se juntam, ou até rostos que tornam-se um se vc grudar uma página na outra. Ela fica esteticamente mais bonita quando vc faz isso.

DICA 3: Use quadros tortos apenas para ação e emoções fortes. Os quadros tortos dão a sensação de ação e movimento rápido, por isso não use em cenas calmas ou normais.

DICA 4: O leitor é um "personagem" tbém, não esqueça dele, dê sempre um espaço pra ele, porque ele não sabe o que está acontecendo. O leitor precisa entender aonde ele tá, por isso vc precisa fazer cenário toda vez que mudar de cena ou situação. O leitor tbém precisa ser apresentado ao personagem novo que surge de repente, por isso existem aquelas cenas do personagem inteiro numa folha.

DICA 5: Os personagens devem ter estaturas diferentes um do outro para deixá-los mais "vivos". Você não quer entediar seu leitor, né?

DICA 6: EXAGERE! Nunca faça uma cena onde seu personagem parece apático. Exagere nas emoções deles e poses. Lembre-se que estamos falando de mangá, não existe nada normal no mangá!

Por enquanto é isso, depois eu posto mais coisas. Então, o que vc tá fazendo aqui que ainda não foi fazer seu mangá?^^


domingo, 14 de março de 2010

O_o

Eu fiz uma ilustração de dois personagens, um é meu e o outro é da Shirubana. Tipo um cross over para um conto BL escrito pela Shirubana em 2007, tava lá engavetado e eu fui arrumar o armário e achei que ficaria legal na nova BL-BR. A BL-BR é uma revista e-book , a idéia é criar contos ( Light Novels) e vender pela internet. O projeto ficou parado um ano porque a gente precisava estruturar melhor e queríamos voltar a fazer quadrinhos. Eu só não pintei essa ilustração ainda porque estava formatando o PC e mesmo tendo dois PCs parece que sempre falta mais um...e Futago Estudio divide espaço com a Max Host...ou seja tem mais gente pra usar. Dá vontade usar quando os outros estão usando. Vamos colocar os computadores em rede para facilitar o trabalho...
Bom, como está chovendo e parece que vai cair o céu...vou indo...XD

quarta-feira, 10 de março de 2010

Mangá brasileiro

Ontem eu e a Shirubana desenhamos mais algumas páginas dos nossos mangás e hoje também vamos desenhar. É outra coisa desenhar sabendo que mais de duas pessoas vão ler e que vai virar uma revista de verdade!! ^^ Finalmente eu parei de ter pesadelos com meu mangá e tudo tá dando certo! Isso era um resquício de pensamento negativo que ainda tava dentro de mim.
No começo do ano eu e a Shirubana fizemos um exercício de pensar positivo, a gente tava num baixo astral terrível. No fundo a gente não dá muita sorte na vida porque não acredita de verdade que coisas boas possam acontecer conosco. Eu tava assim, mas foi só mudar o pensamento que tudo mudou. Porém, não foi fácil porque eu acostumei a pensar negativo. Eu via mais provas de que tudo podia dar errado do que provas que coisas boas podiam acontecer. Eu pensava: " Puxa! Eu sou uma brasileira querendo fazer mangá! Quem sou eu pra achar que um dia alguém vai publicar isso que eu faço? Mesmo que eu me torne boa, nenhuma editora tá publicando ninguém! Na banca só tem mangá japonês! As pessoas odeiam quem tenta fazer mangá, vão achar que eu tô sendo anti patriota e a minha família quer que eu arrume um emprego..." Todos esses pensamentos estavam me atravancando na verdade e atraindo coisas negativas. Eu mudei para: " Eu sou uma brasileira que faz mangá e um dia uma editora vai querer meu trabalho, eu me preparei, busquei melhorar na qualidade e posso fazer um mangá que atraia as pessoas. Minha família vai ter orgulho do meu trabalho! Tem espaço pra todo mundo nas bancas, não importa de que país eu sou..." Pronto! Tudo mudou, agora eu não penso mais negativo. Eu fiz uma lista de mais de 50 pensamentos negativos que eu tinha com relação ao meu mangá e transformei em pensamentos positivos. Segui a lei da atração e fiz meu caderninho de provas positivas. Logo que eu inaugurei o caderno veio a editora! Foi como mágica! Antes disso eu tinha enviado o Príncipe do Best Seller para a Panini, mas ela não quis, porém eu não fiquei chateada porque com o pensamento positivo eu aprendi que se algo não saiu do jeito que eu queria é porque algo melhor virá. Com isso consegui atrair a editora Quadrix. Não precisei fazer nada porque foi a Shirubana que achou a editora... Depois disso eu cheguei a conclusão de que a gente não dá certo por culpa nossa mesmo, meu irmãozinho fez a lei da atração e conseguiu tudo que queria, ele conseguiu entrar numa escola particular mesmo não tendo vaga de manhã, mas ele escreveu no caderninho dele que ia conseguir uma vaga de manhã. Não demorou nem um mês e ele conseguiu! Detalhe, a gente não tinha dinheiro pra pagar a escola dele! Mas o dinheiro surgiu! Parece mágica, mas é a fé que move montanhas.
Eu aprendi que a raiva e o pensamento negativo são bem mais fortes que a vontade de mudar. Se você é do tipo que odeia a violência, se concentra só nisso conseguentemente atrairá mais violência. Se você se acha um fracassado atrairá mais fracasso, só em pensar nessas palavras já é ruim. Na verdade, é o sentimento que vem junto com essas palavras que atrai mais delas. Um exemplo disso é que todo mundo pensa que no começo do ano vai chover muito e vai ter inundação, obviamente isso acontece mesmo. Com o "incentivo" mórbido dos teles jornais que mostram catástrofe o tempo todo, a população acredita mais ainda que nada vai mudar e atrai mais. Portanto, é importante policiarmos nossos sentimentos e pensamentos. Ser positivo não é ser fora da realidade, mas ter esperança de que tudo pode melhorar. Eu estou pensando positivo com relação ao mercado de quadrinho no Brasil, eu quero muito mesmo que surjam mais mangakás brasileiros e que as bancas tenham mais brasileiros ao lado dos grandes artistas japoneses. Estar na banca significa melhorar a distribuição também, afinal muita gente acredita que as revistas nunca vão chegar na sua cidade. Elas acabam nunca chegando mesmo. ^^ Que tal pensar diferente a partir de agora? ^^
Eu vejo muito na internet que as pessoas pensam que é impossível um brasileiro ser capaz de fazer um mangá por n motivos. Um deles é o fato de que não somos japoneses e por isso nunca faremos mangá. Outro é que nós devíamos nos concentrar em fazer algo novo e que mostrasse o Brasil e que brasileiro só copia. Acreditam que tudo que sai e sairá é ruim.
A palavra impossível limita o ser humano que é capaz de surpreender e a palavra cópia atrai cópia. Ou seja, você vai atrair tudo que não quer se concentrando nelas: o impossível, a cópia e obras ruins. Pra corrigir isso, é preciso pensar diferente. Pense assim: eu acredito que nós brasileiros podemos fazer um mangá melhor até que os japoneses, com características novas e brilhantes.
Não precisa quebrar a cabeça imaginando como seria esse mangá, afinal você não é o artista, pois isso é trabalho do cosmo, ele atrairá esses artistas fantásticos. Os artistas também não precisam se preocupar em criar nada brilhante, só precisam a creditar que terão uma boa idéia pra mostrar. Resumindo, pense em coisas boas sempre, com isso as coisas vão mudar.

sábado, 6 de março de 2010

Yes! Nós temos bananas!


video

Hoje eu fiz essa animaçãozinha do Theodore SD...fiz ele escorregando na casca de banana porque em muitos animes os personagens escorregam na casca de uma banana. No Japão comer banana sai caro, um melão lá custa em torno de 8000 ienes que dá mais ou menos uns 130 reais. Depois disso nunca mais reclamei do preço da feira...Meu sonho é fazer um anime, fiz até um curso de animação na ABRADEMI com um professor que mal falava português, existem vários cargos na animação que vai desde roteiristas aos animadores chamados "sakuga". No dia da aula ninguém queria ser sakuga, pois eles desenham mais. Ficou só cinco na mesa dos sakuga e trinta na mesa de roteiro...Mas eu gosto de desenhar e fiquei na mesa dos bravos sakuga. Segundo o professor Nakao o mundo possui dez pessoas apenas que conseguem sincronizar a boca do personagem com a fala de forma perfeita e eles estão todos nos EUA. De lá para cá devem ter surgido mais um ou dois. Na aula eu também descobri que fazer um personagem andar é bem difícil...Na palestra do Ishiguro fiquei sabendo que mesmo depois do Oscar o Japão não investe em animação, as empresas não possuem dinheiro para investir em animação arte e por isso fazem animação baseado em mangá. Fazem isso pra sobreviver, as músicas são doadas pelos artistas que querem aparecer. Fazer música própria para um anime fica caro. Ou seja, não é porque é Japão que a coisa é fácil...

quarta-feira, 3 de março de 2010

Vitral


Ao invés de desenhar eu tô mais a fim de escrever hoje hehehe.
Essa página aí é do mangá da Shirubana, o Vitral!! Depois do PBS teremos com certeza Vitral e esse é BL mesmo com direito a cenas picantes também... ^^ Eles moram em Mekata, uma cidade fictícia na Ásia. Essa história realmente não se passa no Brasil, mas vale a pena porque tem meninos kawaii e uma trama mais séria que a minha. Quem leu Vitral conto sabe mais ou menos como é a história, e quem teve oportunidade de ler o mangá no site do Futago Estúdio pode notar que houve muitas mudanças. É muito diferente escrever um conto e depois passá-lo para mangá. O mangá é mais visual e mais dinâmico tbém. Eu adoro o Daiji e o Tsumi, protagonistas de Vitral! No conto não existia o espectro que mora dentro do Vitral Fantasma, mas no mangá tem. Depois de Garoto X esse foi o mangá mais redesenhado do Estúdio! XD Morre!
O vilão é o Muyami, bem no estilo semei!! Adoroooooo!
Eu e a Shirubana, apesar de sermos gêmeas temos processos de criação diferentes, eu vou lá e rabisco e ela é bem mais metódica e manda melhor nos cenários e dramas! Eu levei mais tempo pra entender o bendito ponto de fuga. Eu acho fundamental um artista saber fazer um cenário, mesmo que seja simplizinho. Tem gente que acredita que o cenário do mangá é apenas uma ilusão de ótica, mesmo assim a ilusão segue um ponto de fuga.
Eu adquiri na sebo da Liba um mangá tambi que tem cenários inacreditáveis!!! São perfeitos e dá até vergonha quando olho os meus!! Um dia eu chego lá. Pode não ser feito pela própria artista, mas quem fez tá morto com a minha inveja agora. Não é só shounen que tem cenários de tirar o fôlego! O tambi me surpreendeu mesmo! Cada gênero de mangá tem seu mestre.^^
Acho que agora o Brasil tá no caminho certo ( atrevimento de dizer isso ), pois a Quadrix vai lançar um shounen tbém, é SEPHIRA – Em busca do Paraíso de André Barreto ( pena que ele não tem site ainda pra gente saber mais). E tem o Shoujo do Studio Seasons na NT, chamado Zucker! Nunca tivemos tantos mangás de gêneros diferentes! Tem pra todo mundo! Com certeza terá mais lançamentos este ano e com isso chegamos a ver a luz no fim do túnel!
Mudando de assunto, hoje eu e a Shirubana torturamos a vizinha cantando junto com o Versailles! Fizemos até o coro das sopranos! OMG! Eu espero cantar junto no show e tentem não ficar do meu lado nesse dia porque eu vou gritar feito fan girl loka mesmo!!! Adoroooo o KAMIJO! hahahahahaha

Arigatô!


Eto... Ontem eu fiz o planejamento de 4 páginas do terceiro capítulo do Príncipe do Best Seller. Vou tentar caprichar mais na arte final...^^ Eu fiquei sem dinheiro e por isso estou usando canetas descartáveis, gomen! Faço o posssível com um material chulipa... Em compensação as canetas descartáveis são ótimas pra dar mais liberdade para as mãos.
Eu agradeço os elogios que recebi da capa do meu mangá. Minna arigatô! Levei uma semana pra pintar porque usei a tablet num PC intel celeron e toda vez que eu ia salvar tinha que esperar alguns minutos... Mas descobri que não é problema do processador, mas da rotação da HD que é de 1500 rpm, ao contrário do outro Pc que tenho agora, um duo core com HD de 7000 rpm. Em um dia pinto uma ilustração.^^ Os dois PCs são ótimos, mas o duo core é mil vezes melhor para pintar. Comprei o meu PC com dinheiro de desenho!! Um dos meus orgulhos na vida. Isso foi em 2008, antes eu tinha um PC usado com o pior processador já inventado na história da computação, o K6! Acho que a HD nem rodava! Graças ao bom Deus inventaram as compras por internet e assim minha vida mudou! Compro absolutamente tudo pela intenet, mesmo porque eu moro no interior e não dá pra ficar indo para São Paulo comprar material de desenho e aqui nem encontro canetas nanquin 03 nas lojas. Quem será o desgraçado que sempre chega antes de mim e leva a caneta 03!? Deve ser o mesmo que chega anes de mim na banca e leva a edição que eu queria... O jeito é ficar com as descartáveis mesmo... Bom, mas voltando a capa, eu sempre acho muito difícil fazer capa e ilustrações "gays". Sim eu sou desenhista de yaoi e BL, por isso tudo que ponho a mão fica gay, é inevitável. Por mais que eu tente fazer algo hétero, sai bicha, não adianta! O Príncipe do Best Seller não é yaoi, mas eu devia ter feito yaoi só de sacanagem, mas mesmo eu não consigo forçar casal yaoi, se um personagem nasce hétero ele continua hétero, um pouco efeminado, mas hétero... Bom, eu estou ansiosa para ver a capa impressa, é um misto de ansiedade, medo e pânico! Confesso que anda difícil dormir, até acordei cedo hoje, inacreditável já que sempre levanto ao meio dia. Ando tendo uns pesadelos recorrentes com meu mangá. Eu sei interpretar sonhos, até tenho um site sobre sonhos www.sonhoscomsignificados.com.br, e isso me deixa curiosa. Sonhei que fui atacada por gafanhotos, um deles tinha 9 metros de altura!!! OMG! Depois eu achei engraçado. Isso foi antes das pessoas saberem que meu mangá seria lançado e concluí que receberia algumas críticas. Uma tinha mesmo 9 metros e me chocou, alguém disse que era ridículo os brasileiros tentarem fazer mangá. A pessoa que escreveu isso deve ter metade da minha idade e a cabeça no formato do munitor dela... Outro, tbém jovem por sinal, se declarou homofóbico e pediu que eu não fizesse mais ilustrações "gays"... cara, vocês dois deviam dar as mãozinhas e irem ao banheiro tirar a merda da cabeça... Falaram mal da família real brasileira... Os Orleans e Bragança moram em casa alugada, até eu tô melhor que eles. Quem assistiu Troca de Família viu a situação de uma Orleans e Bragança, a coitada anda num carro velho e seus filhos estudam com bolsa. Eles perderam um príncipe recentemente no acidente do Air France. Coitados... São brasileiros como nós e passam por dificuldades também. São reconhecidos lá fora, mas por aqui as pessoas pensam que eles vivem do nosso imposto e os odeiam. Eu tive contato com o preconceito pela primeira vez quando assisti Candy Candy, como eu tinha 8 anos eu não entendia porque não gostavam da Candy. Foi quando vi que ela era pobre e os ricos se achavam melhores. Eu já fui doméstica e já trabalhei em casas onde os filhos estudavam com uniformes incríveis! Já usei roupinha de doméstica ( na época eu não sabia que era um dos trajes lolita...). É um Brasil que pouca gente conhece. Mas eram gente boa, nunca me trataram mal. Pagavam mal, mas eram gente! É... o preconceito é uma enorme barreira para arte aqui. Enquanto eu e a Shirubana não aparecemos nas TVs daqui, alguns achavam que éramos vagabundas e preguiçosas por sermos desenhistas... Depois da TV e do jornal começaram a pensar diferente. Todo mundo quer estar do lado de gente que brilha, mas só depois que elas aparecem. Eu estudei com a Renata Banhara que foi o contrário depois que apareceu na mídia... Bom, eu desenho yaoi desde 1987, se vc fizer as contas vai ver que não existia na época a palavra mangá no nosso vocabulário, muito menos yaoi. Eu juntava meu personagem bonitinho com outro e armava um romance. Era divertido! Claro que pai e mãe nem sonhavam em ver isso! Nem meus amigos. Então pedir que eu tente fazer diferente vai ser difícil. O mundo artístico é formado basicamante por gays, então se vc não gosta dessa gente, melhor nem ir no Anime Friends, porque lá é a parada gay, nerd, otaku em pessoa. Nem use o PC porque foi inventdo por Turing, uma bichona... Ulisses Perez é gay... todo mundo que faz e curte mangá é gay! OMG! Morre!
Mas a pior crítica que ouvi na vida veio da minha melhor amiga depois que ela visitou o site da BL-BR. Ela disse que estava chocada porque aquelas não éramos nós! ( as gêmeas) Ela não nos reconheceu! Disse que nosso espírito era baixo por isso fazíamos yaoi e que isso influenciaria mal as pessoas e passava nossa vida, se você faz uma arte "feia" mostra seu baixo espírito e que sua vida é ruim. Sitou dois artistas como exemplo, Van Gogh e Picasso. Disse que os quadros de Van Goh passavam beleza e uma sensação agradável, já Picasso passava uma ideía de algo muito ruim que não valia a pena nem olhar. Disse: " A arte reflete o artista". Então eu questionei: Como assim? Picasso morreu rico e Van Gogh pobre e louco!